Guarda Municipal divulga ocorrências no trânsito

Segundo levantamentos da ONU – Organização das Nações Unidas, os acidentes de trânsito representam a principal causa de mortes entre jovens de 15 e 29 anos no mundo. O Brasil figura entre os cinco países com maior quantidade de mortes ocasionadas por acidentes de trânsito. Por isso, a importância de campanhas educativas, principalmente entre as crianças e adolescentes, que serão os futuros condutores de veículos automotores.

Rio das Ostras, um dos principais municípios da Região dos Lagos, na Costa do Sol, é cortado pela Rodovia Amaral Peixoto. Além do volume normal de veículos dos próprios munícipes, a cidade ainda recebe o fluxo de milhares de carros que circulam entre os municípios vizinhos como Macaé e Cabo Frio. Diante dessa realidade, a possibilidade de acidentes de trânsito aumenta consideravelmente em seu trecho urbano. Cerca de 3 mil veículos trafegam por hora, na Amaral Peixoto, entre 6h e 8h, no sentido de Rio das Ostras para Macaé e, entre 16h e 18h, no sentido contrário.

Ao longo de 2017, entre os meses de janeiro e setembro, a Secretaria de Segurança Pública registrou 11 atropelamentos nas ruas e avenidas do Município, sendo que a maior parte das ocorrências aconteceu na área central do Município. Outra região que merece atenção é a Zona Rural de Cantagalo, que teve volume de veículos aumentado com o acesso de motoristas pela Estrada de Cantagalo, que seguem em direção à ZEN – Zona Especial de Negócios e ao polo offshore de Macaé.

NÚMEROS – Os números mostram que o problema da negligência no trânsito ainda preocupa. Dirigir alcoolizado e o excesso de velocidade são as principais causas de acidentes. No entanto, conduzir veículos e utilizar o celular para mandar mensagens instantâneas aparece como um grande desencadeador de ocorrências.

Segundo relatório do Departamento de Trânsito da Secretaria de Segurança Pública do Município, foram registrados 194 acidentes na Rodovia Amaral Peixoto e 127 nas ruas e avenidas da cidade ao longo de 2017. O período da manhã, muito em função do deslocamento até o trabalho e escola, é o que requer mais atenção e condutores e pedestres.

Ainda, de acordo com o mesmo relatório da Guarda Municipal, os principais acidentes envolveram automóveis, com 354 ocorrências, e motocicletas, com 101 ocorrências até setembro de 2017. Ao todo, foram 630 veículos envolvidos em acidentes nesse período, entre bicicletas, ciclomotores, ônibus, reboques e afins.

Segundo os dados, do total de 139 vítimas envolvidas em acidentes de trânsito, 5 pessoas acabaram morrendo até o fechamento do balanço deste ano.

EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO – Campanhas educativas são a grande aposta da Secretaria de Segurança Pública de Rio das Ostras para orientar sobre boas condutas no trânsito, tendo as crianças como principal alvo, por meio de palestras nas escolas. Este ano o tema é “Minha Escolha no Trânsito faz a Diferença”. Guardas Municipais fazem palestras para os estudantes, buscando desta forma, que os pequenos ajudem a orientar e cobrar dos adultos que sigam as normas para um trânsito cada vez mais humanizado e seguro.

http://www.riodasostras.rj.gov.br//noticia5304.html
%d blogueiros gostam disto: