Palestras sobre conservação de mangue conscientizam estudantes

O trabalho de Conscientização Ambiental continua firme e forte em Rio das Ostras. Na segunda e quinta-feira, dias 24 e 27 de setembro, a Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, por meio do Centro de Educação Ambiental – Cedro, realizou palestras para estudantes do Município sobre recuperação e conservação de manguezal, que fazem parte das ações do Programa Rio das Ostras Mais Verde.

Esta semana, o encontro foi com alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, do Colégio Municipal Professora América Abdalla. Com aulas teóricas e práticas, o coordenador do Cedro, Leandro de Lima, orientou estudantes, entre 10 e 12 anos, sobre conservação de mangue, cuidados com o lixo quanto à preservação e, além disso, as crianças tiveram a oportunidade de conhecer vários tipos de plantas.

“Já fizemos plantio de mudas de árvores em várias localidades do Município como Mar do Norte, Rocha Leão e algumas áreas urbanas. Nesta sexta-feira, dia 28, os alunos farão o plantio aqui na área do próprio Cedro, totalizando 200 mudas de mangue”, informou o coordenador.

Para Kaio Gabriel Machado da Silva, de 10 anos, foi uma ação muito interessante e disse que é sempre bom aprender fora da escola. “Aprendemos a plantar e preservar o meio ambiente e amanhã vou poder entrar no mangue. Provei a folha do hortelã e achei muito legal a farmácias de plantas medicinais que têm aqui, que servem para muitas doenças”, ressaltou.

Ainda segundo Leandro de Lima, a ideia do projeto é plantar cinco mil mudas no Município até o final de 2019. Neste mês de setembro já foram plantadas 700 mudas. “Em outubro, retornaremos o processo de plantio e vamos entrar na mata ciliar em Cantagalo, nas nascentes dos Rios Jundiá e Careta”, completou.

A professora Fernanda Amarante de Barros Silva, que acompanhou os alunos, reforçou que esse trabalho de conscientização feito desde cedo com as crianças é muito importante para toda a cidade e população.

“Trabalhamos a questão ambiental em sala de aula, mas esse tipo de projeto é dinamizador. As aulas diferenciadas se tornam mais interessantes e os alunos ficam mais motivados, na expectativa do que vão conhecer e isso é muito bom para o desenvolvimento deles”, finalizou.

https://www.riodasostras.rj.gov.br/palestras-sobre-conservacao-de-mangue-conscientizam-estudantes/

%d blogueiros gostam disto: